★ História ★

Eduardo Matarazzo Suplicy, economista, administrador de empresas e professor universitário, nasceu em São Paulo no dia 21 de junho de 1941. E é um dos políticos mais conhecidos do Brasil por seus 40 anos de vida pública e por ter atuado em diversas instâncias do Parlamento: foi deputado estadual, senador por três legislaturas e vereador duas vezes da cidade de São Paulo.

Formou-se em administração de empresas pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), fez mestrado em economia na Michigan State University, nos Estados Unidos. Nos anos 1970, voltou para mais um período de estudos e pesquisas para o doutorado, em Michigan e Stanford, Califórnia.

A carreira política começou em 1977, quando se filou ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Nesse final dos anos 1970, além da atividade como professor, Suplicy mantinha uma coluna sobre economia na Folha de S.Paulo, na qual apontava os efeitos das desigualdades econômicas nas condições de vida dos trabalhadores, entre outros assuntos. Em 1978 foi candidato, pela primeira vez, a deputado federal, cargo para o qual foi eleito com 78 mil votos. No ano seguinte, se filou ao recém-criado Partido dos Trabalhadores, do qual foi um dos fundadores.
Pelo PT, foi novamente candidato em 1982 e eleito deputado federal. Em1988, foi o vereador mais votado da cidade de São Paulo, com 201.549 votos, mesma eleição que colocou a companheira de partido, Luiza Erundina, na prefeitura de São Paulo. No ano seguinte, Suplicy presidiu a Câmara Municipal de São Paulo.
Tornou-se um batalhador constante na luta pela garantia dos diretos fundamentais. Em toda sua vida pública destacam-se a defesa da liberdade, da transparência, da democracia e dos direitos humanos e a contribuição para o estabelecimento do diálogo e de uma forma não violenta para a resolução dos problemas.
Foi também o primeiro senador do Estado de São Paulo eleito pelo PT, exercendo três mandatos consecutivos (1990-2013) no senado. Nesse período, elaborou e divulgou um de seus principais projetos, o Programa de Garantia de Renda Mínima, que asseguraria a todos os cidadãos o direito a uma renda incondicional e de igual valor a todos os habitantes do país. O projeto foi sancionado pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva na forma da Lei 10.835 em 8 de janeiro de 2004.
Em 2014 foi convidado pelo então prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, para assumir a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, cargo no qual permaneceu por 13 meses, quando teve que se afastar novamente ser candidato a vereador pela de São Paulo. Foi eleito com 301.446 votos, novamente a maior votação da eleição para o Legislativo paulistano.
Suplicy nunca abandonou sua vida acadêmica nem o estudo dos temas ligados à desigualdade social. É autor de 14 livros, entre os quais destacam-se “Compromisso” (1978, Brasilense); “Efeitos das Minidesvalorizações na Economia Brasileira” (1979, Fundação Getúlio Vargas); “Renda de Cidadania: A Saída é pela Porta” (2001, Cortez Editora) e “Um Notável Aprendizado: a busca da verdade e da justiça – do boxe ao senado” (2007, Futura).

Leia Mais
Biografia de Eduardo Suplicy na Wikipedia
Biografia no site da Câmara Municipal de São Paulo
Nota do perfil no Facebook

★ Trajetória ★

Carreira acadêmica:

– Formado em administração de empresas pela Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, de São Paulo
– PhD em economia pela Universidade Estadual de Michigan (Estados Unidos)
– Professor universitário, na Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo
– Professor de economia na Stanford University (Estados Unidos)
– Doutor Honoris Causa, título concedido pela Universidade Católica de Louvain (Bélgica)

Carreira política:

– Eleito deputado estadual em 1978 pelo MDB
– Eleito deputado federal em 1982 pelo PT
– Candidato a prefeito de São Paulo em 1985 pelo PT
– Candidato a governador de São Paulo em 1986 pelo PT
– Eleito vereador em 1988 em São Paulo pelo PT
– Eleito senador em 1990 pelo PT
– Reeleito senador em 1998 pelo PT
– Reeleito senador em 2006 pelo PT
– Nomeado secretário de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo em 2015
– Eleito vereador em 2016 em São Paulo pelo PT

★ Você Sabia? ★