Direitos humanos: combate às drogas e álcool para evitar novas Cracolândias

Eduardo Suplicy (centro) preside a reunião da Comissão de Direitos Humanos (FOTO: LUIZ RANÇA/CMSP)

Eduardo Suplicy (centro) preside a reunião da Comissão de Direitos Humanos (FOTO: LUIZ RANÇA/CMSP)

Para evitar o surgimento de novas Cracolândias em São Paulo é necessário um combate mais efetivo à disseminação de drogas e álcool na cidade.

Este foi o tema que dominou a reunião desta quinta-feira (24/06) da Comissão Extraordinária Permanente de Defesa de Direitos Humanos, Cidadania e Relações Internacionais, presidida pelo vereador Eduardo Suplicy.

O tema foi proposto pela vereadora Patrícia Bezerra (PSDB), ex-secretária municipal de Direitos Humanos, e a comissão aprovou requerimento para a criação de uma subcomissão que vai analisar as políticas de combate ao álcool e às drogas na cidade.

Outro requerimento aprovado na Comissão é para obter informações sobre o programa Trabalho Novo da Prefeitura de São Paulo. O programa visa capacitar pessoas em situação de rua para que elas consigam um emprego.

A meta do programa é conseguir 20 mil vagas até 31 de dezembro, de acordo com a prefeitura. A autora do requerimento, vereadora Soninha Francine (PPS), que diz que o Trabalho Novo ainda precisa de ajustes.

 

Compartilhe
2017-06-22T19:40:52-03:00